fbpx

(51) 3581-3097

Av. Primeiro de Março, 971 - CEP 93320-105 Novo Hamburgo/RS

voltar

Saúde e Bem-Estar Alimentação

Gordura abdominal e o que fazer sobre isso?

Com a chegada das pessoas na meia-idade, sua quantidade de gordura em relação ao seu peso tende a aumentar, as chances são maiores nas mulheres do que nos homens.

11 de junho de 2020

A gordura abdominal ou visceral é um problema de saúde do que a gordura subcutânea

Embora o termo possa parecer estranho, “propagação na meia-idade” é uma grande das preocupações.

Com a chegada das pessoas na meia-idade, sua quantidade de gordura em relação ao seu peso tende a  aumentar, as chances são maiores nas mulheres do que nos homens. 

Peso extra tem a tendência de ficar em torno da cintura.

Assim ao mesmo tempo, poderia  aceitar essa mudança como uma coisa inevitável da idade.

Mas ao mesmo tempo que a medida que a cintura cresce, também cresce o risco à saúde. 

A gordura abdominal ou visceral é uma grande preocupação, porque a gordura pode ocasionar vários problemas de saúde, muito mais que a gordura subcutânea, do tipo que você pode apertar com a mão. 

Já a gordura visceral, por outro lado, fica fora do nosso alcance, ela fica profundamente dentro da cavidade abdominal, onde tem  os espaços entre os órgãos abdominais.

A gordura visceral tem sido associada a alguns distúrbios metabólicos e assim tendo um aumento do risco de doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2. 

 Nas mulheres, já está associado ao câncer de mama e assim a necessidade de cirurgia da vesícula biliar.

Você tem formato de pêra ou maçã?

A gordura acumulada na parte de baixo do corpo (o famoso formato pêra) é subcutânea, já a gordura abdominal (formato de maçã) é grande parte visceral. 

Onde a gordura pode ser influenciada por vários fatores, como, hereditariedade e até mesmo hormônios. Pesquisadores e médicos estão tentando relacionar  como riscos à saúde e assim  monitorar as mudanças que normalmente ocorrem com a chegada da idade e o ganho ou perda geral de peso.

A gordura que você pega no seu corpo é a gordura subcutânea. 

Já a gordura dentro da sua barriga chamada de a gordura visceral pode ser somente vista e medida, mas não apertada.

Como você perde gordura da barriga?

Não é nenhuma surpresa: Você perde fazendo exercícios e dieta. 

Se mantenha ativo durante  o dia, agende um horário para fazer exercícios, isso pode ajudar ainda mais  a sua dieta.

Células adiposas, é a gordura adiposa abdominal, são biologicamente ativas. 

É certo em pensar que a gordura é como um órgão ou glândula endócrina, que produz hormônios e outras substâncias que pode afetar seriamente a saúde. 

Mesmo que os cientistas ainda estejam descobrindo os papéis dos hormônios individualmente, está cada vez mais claro que o excesso de gordura corporal, principalmente a gordura abdominal, atrapalha o seu equilíbrio e o funcionamento dos seus hormônios.

Os cientistas estão aprendendo que a gordura visceral bombeia substâncias químicas do sistema imunológico chamadas citocinas que pode aumentar o risco de doença cardiovasculares. 

Este e outros produtos bioquímicos podem ter efeitos sobre as células da insulina, pressão arterial e coagulação sanguínea.

Uma razão que o excesso de gordura visceral é muito prejudicial pode ser sua localização, bem na veia, que transporta o sangue da área intestinal para o fígado. 

Substâncias livres da gordura visceral, incluindo ácidos, entram na veia e vai viajando até sua chegada ao fígado, onde sim pode influenciar na produção de lipídios no sangue. 

A gordura visceral está ligada ao colesterol mais alto e ao LDL (mau) colesterol, o HDL (bom) menor e à resistência à insulina.

Resistência à insulina significa que as suas células musculares e hepáticas do corpo não estão respondendo direito aos níveis normais de insulina, o hormônio pancreático que leva glicose para as células do corpo. 

Os níveis de glicose no sangue aumentam, assim aumentando as chances de ter diabetes. 

Agora as boas notícias.

Exercício e dieta ajudam a perder gordura da barriga

O que podemos fazer sobre?

O ponto de partida para perder a barriga é controlar o peso, tem que combater a gordura abdominal, fazer atividades físicas regularmente  de ritmo  moderado, pelo menos 30 minutos por dia podendo às vezes fazer até 60 minutos por dia, para assim controlar o seu peso e perder a barriga. 

A musculação também poderá ajudar a perder a gordura da barriga. Os exercícios locais, como abdominais, assim pode contrair os músculos do abdômen , mas mesmo assim não irá atingir a gordura visceral.

A dieta também é muito importante.

Preste atenção na porção que coloca no prato e coma carboidratos (frutas, legumes e grãos integrais) e coma também proteínas magras em vez de simples, como pão, macarrão e refrigerantes. 

Substitua gordura saturada e gordura trans por gordura poliinsaturadas também pode ajudar.

Para você que se interessou sobre esse tema, entre em contato com a gente através do telefone: (51) 3581-3097 e conheça mais desse estilo de vida apaixonante que são as terapias Naturais e Integrativas.

São 20 anos de tradição, venha conhecer a melhor Faculdade em Terapias Naturais do Brasil INNAP

Siga-nos no Instagram

@faculdade_innap

Desenvolvedora

SevenEd